Ceratite

Doenças infecciosas que afetam a córnea colaboram para casos de cegueira no mundo, a ceratite é uma das mais prevalentes, ocasionadas pela ação de vírus, fungos e bactérias.

A reação a antibióticos, falta de higiene ou traumas oculares também podem causar o distúrbio. A doença pode ser mais bem combatida quando detectada precocemente. Um tratamento iniciado logo após sua descoberta pode ser a única forma preservar a visão.

Os sinais mais recorrentes da ceratite são dor, lacrimejamento, vermelhidão, visão embaçada e secreção.

Os cuidados com a higiene das mãos são imprescindíveis para se evitar qualquer tipo de contaminação por meio de bactérias ou fungos na região ocular.

Usuários de lente de contato, que menosprezam os cuidados indicados pelo oftalmologista, usando além do tempo estipulado, também correm risco de contrair a doença.

O tratamento varia de acordo com a causa da ceratite. Há indicação de lágrimas artificiais e antibióticos, em casos mais severos, existe a possibilidade de cirurgia e, até mesmo, transplante de córnea.

Caso perceba-se algum desses sintomas, o especialista deve ser procurado.