Cirurgia das vias lacrimais

Tem como objetivo reconstituir a via natural de drenagem da lágrima.

Funcionamento do sistema lacrimal

Além da glândula lacrimal, o sistema lacrimal é composto pelo ponto lacrimal, e canais que conduzirão a lágrima na direção do nariz, para em seguida ser deglutida juntamente com a saliva, evitando que os nossos olhos permaneçam constantemente úmidos.

Caso haja estreitamento, ou mesmo oclusão em algum desses pontos, o fluxo não ocorrerá na velocidade adequada, tornando-se necessário restabelecê-lo cirurgicamente.

Principais indicações para realização de cirurgia

Presença de sintomas de obstrução do canal lacrimal que cause sintomas como lacrimejamento excessivo, olhos úmidos (epífora);
infecções recorrentes ou crônicas do saco lacrimal (dacriocistites).

Tipos de cirugia

Existem dois tipos de intervenções cirúrgicas para a doença: a Dacriocistorrinostomia Externa e a Dacriocistorrinostomia Endonasal Endoscópica.

Dacriocistorrinostomia Externa

A técnica convencional de dacriocistorrinostomia é realizada pelo médico oftalmologista através de uma incisão externa na face do paciente.

Dacriocistorrinostomia Endonasal Endoscópica

Com o avanço da cirurgia endoscópica nasal (cirurgia nasal por vídeo), esta cirurgia passou também a ser realizada através da cavidade nasal pelo médico otorrinolaringologista, sem a necessidade de incisão externa e com resultados excelentes.